Swift World Brasil

Taylor Swift poderá cantar suas músicas antigas no American Music Awards, marcado para o próximo domingo (24/11). Depois que a cantora denunciou a represália que estava sofrendo da Big Machine Records, a gravadora emitiu um comunicado para a Billboard afirmando que ela tem autorização para cantar qualquer canção de seu catálogo na premiação.

O comunicado não cita Taylor Swift, mas trata diretamente da questão dela. O texto informa que a Big Machine Records e a Dick Clark Productions fecharam um acordo para liberar as performances de seus artistas para streaming e reprise em plataformas aprovadas. “Isso inclui as performances do American Music Awards. Note-se que os artistas não precisam de aprovação do selo para apresentações ao vivo na televisão ou em qualquer outra mídia ao vivo”, conclui.

Segundo Taylor Swift, a Big Machine Records vinha embarreirando o uso de suas músicas antigas em performances televisionadas. Ela também não poderia usar suas canções em um documentário da Netflix que está em desenvolvimento. A Big Machine Records rebateu a acusação e disse que, na verdade, Taylor deve dinheiro à empresa. A assessoria dela treplicou, negou a dívida, divulgou uma notificação enviada pela gravadora e afirmou que, na verdade, a Big Machine deve US$ 7,9 milhões à popstar.

design por jessica vieira & juan gouveia
programação por danielle cabral & jefferson souza
SWIFTWORLD.COM.BR © 2012 - 2019
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS