12maio 2013

Especial Dia das Mães

Postado por às em Taylor

MAMA

Depois de um bom tempo, estou eu aqui novamente. Sentiram a minha falta? Bem acho que não né? A Mari Andrade aqui fala demais e vocês nem devem ler tudo que eu escrevo. Mas enfim, cá estou eu. Pensou que iria abandonar não é mesmo? Apenas me desliguei do blog por um tempinho pois precisava focar na faculdade, estou de férias e sem nota ruim alguma. Enfim, voltando ao assunto…

O especial dessa postagem, é mais que especial.

É dedicado a todas as Mamães e futuras Mamães.

Como todos sabem, um dos maiores suportes que a Taylor teve no início de sua carreira foi a sua querida Mama Swift. Todos nós fãs vemos o quanto ela se preocupa com a filha e está em todos os shows, cantando e indo na platéia para levar as pessoas para a T-Party ou Red Club. Em muitas entrevistas, podemos ver o quão ela é grata em contar a história da menina que não tinha amigos e agora canta para uma platéia de mais de 50 mil pessoas, esgotando shows em minutos e contando suas histórias em melodias doces e verdadeiras. Andrea Swift é a prova de que mãe é aquela que está atrás e que cuida vinte quatro horas por dia, que dá apoio e que nunca  abandona. Obrigada Mama Swift por ter a filha com a qual deve se orgulhar todos os dias de sua vida.


Enfim, resolvi fazer esse post não apenas para agradecer a mamãe da nossa querida Taylor e sim para falar que mãe é algo que não se pode substituir, pois mãe de verdade é aquela que podemos contar sempre.

Eu estava assistindo a uma série chamada Revolution, essa série conta mais ou menos o mundo depois de um blackout mundial, em que o todos passam a viver como na era medieval e com costumes de vilas ou feudos e milícias cuidando de determinados territórios. É como ficção-científica, pois tem a explicação de como a energia acabou e tudo mais. Aqui vai uma prévia do que eu estou falando. Pois é complicado explicar.

E um desses episódios a mãe dos personagens principais – Charlie e Danny – retorna e ela é a chave para muita coisa desse mistério. E quando ela estava grávida do Danny, ele não iria sobreviver pois estava com um câncer raro. E na passagem da cena ela diz “I love you to moon and back”, não pude deixar de lembrar da música Ronan e da mãe do pequeno, nossa guerreira Maya Thompson. Por quatro anos deu o maior amor que poderia dar e recebeu os melhores momentos de sua vida.

Ronan não poderia ter tido mãe melhor que ao perder seu filho, continuou lutando contra essa doença em nome do seu pequeno rockstar. Assim, depois de um tempinho ela ficou grávida novamente, e teve uma linda menina chamada Poppy. Ronan nasceu com o destino de mostrar as pessoas o quão cruel uma doença pode ser, e sua irmãzinha é a esperança de que num futuro não tenha mais doenças e que todos os bebês nasçam lindos e fortes. Nossa Maya também merece nossos parabéns, por ser corajosa e forte. De não ter desistido, mesmo perdendo aquilo que mais amou, ela o amava daqui a até a lua, ida e volta. E todos nós sabemos disso.

 

Então nesses dias das mães, não precisa comprar presentes caros ou chocolates. Basta dizer “EU TE AMO DAQUI A LUA, IDA E VOLTA” garanto que irá fazer o dia da sua mãe um dos mais felizes que ela pode ter, nunca deixe de dizer isso. Amor é amor de qualquer jeito e expressado de qualquer forma, até por uma simples frase.

Feliz dia das mães!

Com amor para todos e para minha melhor amiga e minha super Mama,
Mariana Andrade.

Deixe um comentário

Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com