Swift World Brasil

Foi-se o tempo em que Taylor Swift não se posicionava politicamente. A diva pop americana confrontou o presidente dos Estados Unidos Donald Trump nesta sexta (29/5), depois que ele fez tweets de apologia à violência. Trump escreveu “quando os saques começarem, o tiroteio começará”. O tweet até foi ocultado pelo Twitter, por violar as regras do microblog quanto a enaltecimento à violência.

O assunto está bombando nos Estados Unidos, e Taylor Swift fez questão de se posicionar. “Depois de alimentar o fogo da supremacia branca e do racismo em toda sua presidência, você tem coragem de fingir superioridade moral antes de ameaçar violência? ‘Quando os saques começarem, o tiroteio começará’??? Vamos votar e te tirar em novembro, Donald Trump”, twittou a cantora.

Entenda o caso
Ocorreram protestos violentos em Minneapolis, nos Estados Unidos, na noite de quinta (28/5), por conta da morte do afro-americano George Floyd, vítima de policiais brancos. Há um vídeo de dez minutos que mostra a violência do policial para com ele, imobilizado no chão da rua, antes de ser assassinado. Pelo Twitter, Donald Trump declarou que, caso o “prefeito de esquerda radical” não assuma o controle da situação, ele “mandará a Guarda Nacional e fará o trabalho”.

O presidente dos Estados Unidos chamou os manifestantes de bandidos e soltou a frase “quando os saques começarem, o tiroteio começará”. O Twitter ocultou a postagem, mas a deixou acessível por considerá-la “de interesse público”. Recentemente, o Twitter já havia colocado um alerta de possível conteúdo enganoso em dois tweets do presidente. Ele reagiu dizendo que o Twitter fere sua “liberdade de expressão”.

Créditos: Leonardo Torres – Portal Pop Line

design por jessica vieira & juan gouveia
programação por danielle cabral & jefferson souza
SWIFTWORLD.COM.BR © 2012 - 2019
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS